Polo Industrial de Manaus (PIM) faturou R$ 26,96 bilhões no primeiro bimestre deste ano, o que representa crescimento de 6,87% em relação a igual período de 2022 (R$ 25,23 bilhões). Em dólar, o faturamento do PIM também teve alta, de 8,69%, quando comparados os valores registrados entre janeiro e fevereiro de 2023 (US$ 5.23 bilhões) com o montante obtido no mesmo intervalo do ano passado (US$ 4.81 bilhões).

As exportações do PIM totalizaram US$ 86.56 milhões no primeiro bimestre, o que representa aumento de 13,31% na comparação com igual intervalo de 2022 (US$ 76.39 milhões).

Em fevereiro, as indústrias do PIM informaram a manutenção de 110.362 postos de trabalho diretos, entre efetivos, temporários e terceirizados. O indicador representa variação positiva de 2,27% ante fevereiro de 2022 (107.910 trabalhadores). Com os resultados parciais do primeiro bimestre, a média mensal de mão de obra do PIM em 2023 está situada, até o momento, em 110.250 empregos diretos.

Segmentos e produtos

Os segmentos Eletroeletrônico e de Duas Rodas, com faturamentos de R$ 5,04 bilhões e R$ 4,75 bilhões e crescimentos de 20,2% e 40,27% no primeiro bimestre, respectivamente, foram os principais contribuintes para o incremento do faturamento global do PIM no período em questão. Outros segmentos que se destacaram incluem Químico, com faturamento de R$ 2,52 bilhões e crescimento de 22,8%; Mecânico, com faturamento de R$ 1,43 bilhão e crescimento de 9,09%; e Isqueiros, Canetas e Barbeadores Descartáveis, com faturamento de R$ 479,99 milhões e crescimento de 21,37%.

Entre os principais produtos fabricados pelo PIM, os maiores destaques no primeiro bimestre foram os televisores com tela de LCD e OLED, com 1.971.299 unidades produzidas e crescimento de 35,59%; telefones celulares, com 2.506.162 unidades produzidas e crescimento de 2,01%; e motocicletas, motonetas e ciclomotos, com 256.920 unidades produzidas e crescimento de 34,63%.

Os dois primeiros meses do ano também registraram aquecimento nas linhas de fabricação de condicionadores de ar. Os aparelhos do tipo split system, com 774.536 unidades produzidas no período, registraram crescimento de 17,8%; já os condicionadores de ar de janela ou de parede de corpo único tiveram 21.791 unidades fabricadas, com crescimento de 253,01%.

Avaliação

O superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, destaca o bom início de ano do PIM atrelado ao forte desempenho de segmentos representativos da indústria regional, como Eletroeletrônico e Duas Rodas. “Merece destaque também a geração de mais de 110 mil postos diretos de trabalho, que, somados aos empregos induzidos e fomentados de forma indireta, podemos chegar a um indicador bastante satisfatório de mais de 500 mil empregos gerados somente na capital do Amazonas. Mas sabemos que os efeitos positivos da atividade do PIM chegam também a diversas outras localidades do Estado e do País, e é por isso que precisamos continuar fortalecendo a nossa indústria para que a geração de emprego e renda se solidifique ainda mais”, afirmou Saraiva.

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *