Os animais estavam desidratados e não estavam sendo alimentados adequadamente, além de estarem infestados de carrapatos

A Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), com o apoio da Cavalaria da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Comissão de Proteção aos Animais, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CPAMA) e da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), resgataram, ontem (22/08), seis cavalos que estavam em situação de maus tratos no município de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus),

Conforme a delegada Juliana Viga, titular da unidade policial especializada, após as equipes da Dema receberem denúncias anônimas em relação ao caso, foi iniciada as diligências para verificar a veracidade da ocorrência, que também informava que alguns animais chegaram a morrer de fome.

“Ao chegarmos no local, uma propriedade localizada no ramal Cafezal, naquele município, foi possível constatar que os animais estavam em situação de vulnerabilidade e descuido. Os veterinários da Cavalaria e da Adaf identificaram que os cavalos estavam desidratados e não estavam sendo alimentados adequadamente, além de estarem infestados de carrapatos”, salientou Viga.

Ainda conforme a titular, o proprietário da residência ainda não foi identificado, entretanto, aparentemente, não costuma visitar o local, tendo em vista que se encontrava somente um caseiro que informou não conhecer o dono.

Cuidados e investigação

A delegada informou que os animais foram resgatados e encaminhados para outra propriedade, sob a custódia de um fiel depositário que irá cuidar do bem-estar dos animais até o julgamento da ação, e as investigações sobre o ocorrido continuarão para identificar e localizar o proprietário da fazenda e dono dos cavalos.

FOTOS: Divulgação/PC-AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *